quarta-feira, 22 de junho de 2011

Resenha: Marcada

Não sou muito fã desse livro. Além de não ter gostado muito da historia, eu não me identifiquei muito com a principal (para não usar outro termo), mas ainda assim achei bem interessante a "adaptação" que elas fizeram com os vampiros. Foi bem criativo, admito, mesmo ainda preferindo os vampiros mais "tradicionais". 

Esse foi um dos livros que mais emprestei para minhas amigas. Pensei que nenhuma delas iriam gostar dele, mas me enganei, ele foi bem aceito por todas e logo me perguntaram se eu tinha a continuação. Então decidi ler novamente. Dessa vez fiz questão de ler o livro bem devagar para poder ver o que ele tinha demais. E aqui minha conclusão:

O livro conta a historia da Zoey, uma típica adolescente estadunidense que "quase-namora" um jogador de futebol americano chamado Heath. Logo ela é "marcada" para se tornar uma vampira, após um rastreador ter ido procurá-la em sua escola. 

Logo ela vai para a “Morada da Noite”, local onde todos que são marcados vão para poderem se preparar para sua transformação. Mas nem todos suportam passar por isso, alguns morrem durante o processo, e esse é um dos obstáculos que Zoey terá que passar.

Situações um pouco inesperadas e suspense são o que não faltam nesse livro. Você nunca deixará de se pergunta o que lhe espera em cada pagina.    


Sinopse: No primeiro volume, Marcada, Zoey Redbird, uma garota de 16 anos, acaba de receber uma marca que vai transformar a sua vida por completo. Zoey terá que se afastar de seus amigos e de tudo aquilo que fazia parte da sua vida até então. A menina vai se transformar em vampira e usufruir de poderes que ela nem imaginava possuir. Mas para isso 
ela precisa suportar o difícil período de transformação, caso contrário morrerá.
Não esqueçam de comentar deixando sua opinião!
Obrigada!

Um comentário:

  1. Eu gostei dessa série, apesar dos pesares!
    hehehehe
    mas tem horas que vejo que a autora se perde um pouco, enfim...
    Bjs e seu blog é fofo d+

    ResponderExcluir